PSICOLOGIA TRANSPESSOAL

A Psicologia transpessoal é uma abordagem da Psicologia considerada por Abraham Maslow (1908-1970) como a "Quarta Força da Psicologia", sendo a primeira força a Psicanálise, seguida da Psicologia comportamental, e a terceira a Psicologia humanista. É uma forma de sincretismo teórico, que abarca conteúdos de muitas escolas psicológicas, como as teorias de Carl G. Jung, Abraham Maslow, Viktor Frankl, Ken Wilber e Stanislav Grof. Surgiu em 1967 junto com Movimentos do Potencial Humano e New Age nos EUA, pelo pensamento de Maslow, que dizia que o ser humano necessitava transcender sua Psique (pessoal), conectando-se ao Todo, ou a outras realidades mais abrangentes (transpessoais).

 

A Psicologia transpessoal tem como objeto o estudo da Consciência e de seus Estados não ordinários e, neste sentido, congrega vários Recursos Técnicos como a Hipnose, a Meditação, o Relaxamento, e (no campo da pesquisa) experiência com alucinógenos (Grof, Huxley), além dos Estados Místicos de Tradições Espirituais. Vários autores como Ken Wilber, e Stanislav Grof, propõem Cartografias da Consciência. A Abordagem transpessoal tem atraído cientistas de diferentes áreas como na Física Goswami e Rocha Filho, que fazem a conexão entre o conhecimento científico padrão e as observações e proposições transpessoais.

 

Assim como vem acontecendo com relação à Psicologia analítica, também a Psicologia transpessoal tem construído um diálogo de relação com a Física quântica, na busca da compreensão dos fenômenos que ultrapassam o conceito da física clássica e dos princípios energéticos e temporais que são estudados em linhas de pesquisa diferenciadas como Física e Psicologia, ainda que, haja pouca ou nenhuma relação comprovada cientificamente entre as duas áreas.

 

Agendamentos através da secretaria.

Alameda Itatuba, 229

Joapiranga - Valinhos

TELEFONE: (19) 98101-2392

EMAIL: contato@luzdegaia.com.br